Aṅguttara Nikāya 1.31-40

 Adantavagga

Indomada

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando indomada, conduz a tanto dano como a mente. Uma mente indomada conduz a muito dano.”

1.32

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando domada, conduz a tanto benefício como a mente. Uma mente domada conduz a muito benefício.”

1.33

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando desguardada, conduz a tanto dano como a mente. Uma mente desguardada conduz a muito dano.”

1.34

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando guardada, conduz a tanto benefício como a mente. Uma mente guardada conduz a muito benefício.”

1.35

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando desprotegida, conduz a tanto dano como a mente. Uma mente desprotegida conduz a muito dano.”

1.36

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando protegida, conduz a tanto benefício como a mente. Uma mente protegida conduz a muito benefício.”

1.37

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando incontida, conduz a tanto dano como a mente. Uma mente incontida conduz a muito dano.”

1.38

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando contida, conduz a tanto benefício como a mente. Uma mente contida conduz a muito benefício.”

1.39

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando indomada, desguardada, desprotegida, e incontida, conduz a tanto dano como a mente. Uma mente indomada, desguardada, desprotegida, e incontida conduz a muito dano.”

1.40

“Bhikkhus, eu não vejo nenhuma outra coisa que, quando domada, guardada, protegida, e contida, conduz a tanto benefício como a mente. Uma mente domada, guardada, protegida, e contida conduz a muito benefício.”