Aṅguttara Nikāya 7.4

Vittharabala Sutta

Poderes em Detalhe

“Bhikkhus, há esses sete poderes. Quais sete? O poder da convicção, o poder da energia, o poder da vergonha de cometer transgressões, o poder do temor de cometer transgressões, o poder da atenção plena, o poder da concentração, e o poder da sabedoria.

“E qual é o poder da convicção? É o caso em que um nobre discípulo, tem convicção da iluminação do Tathagata assim: ‘O Abençoado é um arahant, perfeitamente iluminado, consumado no verdadeiro conhecimento e conduta, bem-aventurado, conhecedor dos mundos, um líder insuperável de pessoas preparadas para serem treinadas, mestre de devas e humanos, desperto, sublime.’ Isso é chamado o poder da convicção.

“E qual é o poder da energia? É o caso em que um nobre discípulo, permanece com a sua energia estimulada para o abandono de qualidades mentais prejudiciais e para a obtenção de qualidades mentais benéficas. Ele é decidido, firme no seu esforço, sem se esquivar das suas responsabilidades com relação ao cultivo de qualidades mentais benéficas. Isso é chamado o poder da energia.

“E qual é o poder da vergonha de cometer transgressões? É o caso em que um nobre discípulo, tem senso da vergonha; ele sente vergonha da conduta corporal imprópria, da conduta verbal imprópria e da conduta mental imprópria. Isso é chamado o poder da vergonha.

“E qual é o poder do temor de cometer transgressões? É o caso em que um bhikkhu, um nobre discípulo, tem senso do temor; ele teme a conduta corporal imprópria, a conduta verbal imprópria e a conduta mental imprópria. Isso é chamado o poder do temor.

“E qual é o poder da atenção plena? É o caso em que um nobre discípulo tem atenção plena, ele possui suprema atenção plena e discriminação, ele se recorda e lembra aquilo que foi feito e dito há muito tempo. Isso é chamado o poder da atenção plena.

“E qual é o poder da concentração? É o caso em que um nobre discípulo afastado dos prazeres sensuais, afastado das qualidades não hábeis, entra e permanece no primeiro jhana (igual ao AN V.14) … entra e permanece no quarto jhana, que possui nem felicidade nem sofrimento, com a atenção plena e a equanimidade purificadas. Isso é chamado o poder da concentração.

“E qual é o poder da sabedoria? É o caso em que um nobre discípulo, tem sabedoria, com a completa compreensão da origem e cessação—nobre, penetrante, que conduz ao fim do sofrimento. Isso é chamado o poder da sabedoria.

“Esses, bhikkhus, são os sete poderes.”

O poder da convicção, o poder da energia,
os poderes da vergonha e do temor de cometer transgressões;
os poderes da atenção plena e da concentração,
a sabedoria como sétimo poder;
um bhikkhu poderoso possuindo-os
é sábio e vive feliz.
Ele deve examinar o Dhamma com cuidado
e desenvolver o insight e a sabedoria.
Igual a uma vela que se extingue
é a emancipação da mente.