Aṅguttara Nikāya 9.24

Sattava Sutta

Permanências dos Seres

“Bhikkhus, há essas nove permanências dos seres. Quais nove?

(1) “Bhikkhus, há seres que são distintos no corpo e distintos na percepção, como os seres humanos, alguns devas, e alguns seres nos mundos inferiores. Essa é a primeira permanência dos seres.

(2) “Há seres que são distintos no corpo mas idênticos na percepção, como os devas na companhia de Brahma que renascem através do primeiro jhana. Essa é a segunda permanência dos seres.

(3) “Há seres que são idênticos no corpo mas distintos na percepção, como os devas que emanam radiância. Essa é a terceira permanência dos seres.

(4) “Há seres que são idênticos no corpo e idênticos na percepção, como os devas da glória refulgente. Essa é a quarta permanência dos seres.

(5) “Há seres que são não-perceptivos, sem experiências, como os devas que são não-perceptivos. Essa é a quinta permanência dos seres.

(6) “Há seres que com a completa superação das percepções da forma, com o desaparecimento das percepções do contato sensorial, sem dar atenção às percepções da diversidade, [percebendo] o ‘espaço é infinito,’ pertencem à base do espaço infinito. Essa é a sexta permanência dos seres.

(7) “Há seres que com a completa superação da base do espaço infinito, [percebendo] ‘a consciência é infinita,’ pertencem à base da consciência infinita. Essa é a sétima permanência dos seres.

(8) “Há seres que com a completa superação da base da consciência infinita, [percebendo] ‘não há nada,’ pertencem à base do nada. Essa é a oitava permanência dos seres.

(9) “Há seres que com a completa superação da base do nada, pertencem à base da nem percepção, nem não percepção. Essa é a nona permanência dos seres.

“Essas, bhikkhus, são as nove permanências dos seres.”