Itivuttaka 44

Nibbanadhatu Sutta

Os Elementos de Nibbana

Isto foi dito pelo Abençoado, dito pelo Arahant, assim ouvi: “Bhikkhus, há esses dois elementos de Nibbana. Quais dois? O elemento de Nibbana com combustível restante e o elemento de nibbana sem combustível restante.

E qual é o elemento de Nibbana com combustível restante? É o caso em que um bhikkhu é um Arahant, que destruiu as impurezas, viveu a vida santa, fez o que devia ser feito, depôs o fardo, alcançou o verdadeiro objetivo, destruiu os grilhões da existência e está completamente libertado através do conhecimento supremo. As suas cinco faculdades dos sentidos ainda permanecem e devido ao fato de estarem intactas, ele experimenta o prazeroso e o des-prazeroso e sente prazer e dor. O fim que ele deu à cobiça, raiva e delusão é chamado o elemento de nibbana com combustível restante. E qual é o elemento de Nibbana sem combustível restante? É o caso em que um bhikkhu é um Arahant, que destruiu as impurezas, viveu a vida santa, fez o que devia ser feito, depôs o fardo, alcançou o verdadeiro objetivo, destruiu os grilhões da existência e está completamente libertado através do conhecimento supremo. Para ele, tudo que é sentido, não causando deleite, irá esfriar aqui mesmo. Esse é chamado o elemento de nibbana sem combustível restante.

Esses dois elementos de nibbana
proclamados por aquele com visão,
um independente,
e outro que é tal qual:
Um é o elemento experimentado aqui nesta vida,
com combustível restante,
mas com o desejo destruído,
aquilo que conduz a um novo ser/existir,
o outro é aquele sem combustível,
no qual depois desta vida,
todo ser/existir
cessa por completo.

Tendo experimentado o estado incondicionado,
Com a mente libertada e o cordão do ser/existir destruído,
eles realizaram a essência do Dhamma.
Deliciando-se com o fim (do desejo),
aqueles que são tal qual, abandonaram todo ser/existir.