COLEÇÃO DAS REGRAS MONÁSTICAS DO BUDISMO THERAVĀDA

O Código de Disciplina Monástica dos Bhikkhus

Regras Nissaggiya

21. Tigelas

História de origem

Primeiro sub-relato

Certa ocasião, o Abençoado estava em Sāvatthī no Bosque de Jeta, no Parque de Anāthapiṇḍika. Naquela ocasião, bhikkhus do Grupo dos Seis tinham várias tigelas guardadas. As pessoas que passavam pelo mosteiro e viam aquilo se queixavam e criticavam: “Como podem os contemplativos Sákya ter várias tigelas guardadas? Será que eles passarão a negociar tigelas, ou mesmo começar uma loja de tigelas?”

Os bhikkhus ouviram as queixas e críticas daquelas pessoas, e os bhikkhus de poucos desejos ... se queixaram e criticaram aqueles bhikkhus: “Como podem estes bhikkhus do Grupo dos Seis ter várias tigelas guardadas?

Após criticar os bhikkhus do Grupo dos Seis de várias maneiras, aqueles bhikkhus informaram o Abençoado o ocorrido ... “É verdade, bhikkhus, que vocês fizeram isto?”

“É verdade, mestre.”

O Buda então os repreendeu: “… Homens tolos, como podem você ter tigelas extras guardadas? Isto não fará surgir fé naqueles ainda sem fé … E então, bhikkhus, esta regra de treinamento deve ser assim recitada:

Regra preliminar

“Se um bhikkhu tiver uma tigela extra guardada, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.”

Foi desta forma que o Abençoado estabeleceu para os bhikkhus esta regra de treinamento.

Segundo sub-relato

Pouco tempo depois uma tigela foi oferecida ao Venerável Ananda, mas ele queria cedê-la ao Venerável Sāriputta, que se encontrava em Sāketa. Sabendo que o Buddha havia estabelecido uma regra sobre ter consigo uma tigela extra, Venerável Ananda se perguntou: “O Abençoado estabeleceu uma regra sobre não se ter consigo uma tigela extra. Eu tenho comigo uma tigela extra, que desejo cedê-la ao Venerável Sariputta que se encontrava em Sāketa. O que devo eu fazer neste caso?” Ele informou ao Abençoado, que em seguida disse: “Quanto tempo levará, Ānanda, para que Sāriputta retorne?”

“Nove ou dez dias, mestre.”

Em seguida, o Abençoado deu um ensinamento e então se dirigiu aos bhikkhus: “Bhikkhus, eu permito que vocês mantenham uma tigela extra por dez dias no máximo. E então, bhikkhus, esta regra de treinamento deve ser recitada assim:

Regra final

“Um bhikkhu pode ter uma tigela extra consigo por até dez dias. Se ele a mantiver por mais do que isso, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.”

Definições

“Por até dez dias”: a tigela pode ser mantida por dez dias no máximo.

“Uma tigela extra”: uma tigela que não foi ainda alocada ou cedida.

“Uma tigela”: tigelas podem ser de dois tipos: de ferro ou de cerâmica.

Tigelas podem ser de três tamanhos diferentes: grande, médio ou pequeno. Qualquer coisa maior ou menor que isto não se trata de uma tigela. “Tigela grande”: nesta cabe meia medida āḷhaka de arroz, uma quarta parte de medida de ingredientes especiais, e um tanto de curry. “Tigela média”: nesta cabe uma medida nāḷika de arroz, uma quarta parte de medida de ingredientes especiais, e um tanto de curry. “Tigela pequena”: nesta cabe uma medida pattha de arroz, uma quarta parte de medida de ingredientes especiais, e um tanto de curry. Qualquer coisa maior ou menor que isto não se trata de uma tigela.

“Se ele o mantiver por mais do que isso, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia:” A ofensa é cometida no amanhecer do décimo primeiro dia.


A posse da tigela deverá ser renunciada e transferida para a Sangha dos bhikkhus, um grupo de bhikkhus ou um determinado bhikkhu. “E, bhikkhus, esta deverá ser renunciada desta maneira:” “Após abordar a Sangha dos bhikkhus aquele bhikkhu deverá colocar seu manto sobre um ombro, prestar homenagem aos pés dos bhikkhus sêniores, ajoelhar- se, levantar as mãos juntas em anjali, e dizer: ‘Veneráveis, esta tigela que mantive comigo ao longo de dez dias deve ser renunciada. Eu a cedo para a Sangha.’ Após renunciar aquilo, ele deve reconhecer a ofensa cometida. A confissão deve ser recebida por um bhikkhu experiente e competente. A tigela renunciada é então devolvida:

‘Veneráveis, possa a Sangha me escutar. Esta tigela que era para ser renunciada pelo bhikkhu tal e tal foi renunciada e transferida para a Sangha. Se conveniente para a Sangha, esta deverá devolver a tigela para tal e tal bhikkhu.’

“Após abordar a Sangha dos bhikkhus aquele bhikkhu deverá colocar seu manto sobre um ombro, prestar homenagem aos pés dos bhikkhus sêniores, ajoelhar- se, levantar as mãos juntas em anjali, e dizer: ‘Veneráveis, esta tigela que mantive comigo ao longo de dez dias deve ser renunciada. Eu vos cedo esta tigela. Após renunciar aquilo, ele deve reconhecer a ofensa cometida. A confissão deve ser recebida por um bhikkhu experiente e competente. A tigela renunciada é então devolvida:

“Possam estes veneráveis me escutar. Esta tigela que era para ser renunciada pelo bhikkhu tal e tal foi renunciada e transferida para estes veneráveis. Se conveniente para os veneráveis, estes deverão devolver a tigela para tal e tal bhikkhu.’

“Após abordar um determinado bhikkhu, aquele bhikkhu deverá colocar seu manto sobre um ombro, ajoelhar-se, levantar as mãos juntas em anjali, e dizer: ‘Venerável, esta tigela que mantive comigo ao longo de dez dias deve ser renunciada. Eu lhe cedo esta tigela. Após renunciar aquilo, ele deve reconhecer a ofensa cometida. A confissão deve ser recebida por aquele bhikkhu. A tigela renunciada é então devolvida: ‘Eu devolvo esta tigela para este venerável.’”

Permutações

Se mais que dez dias se passaram, e ele percebe que mais que dez dias se passaram, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se mais que dez dias se passaram, mas ele não tem certeza, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se mais que dez dias se passaram, mas ele percebe que menos que dez dias se passaram, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia

Se (a tigela) não foi atribuída, mas ele a percebe como tendo sido atribuída, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se (a tigela) não foi transferida, mas ele a percebe como tendo sido transferida, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia Se (a tigela) não foi dada, mas ele a percebe como tendo sido dada, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se (a tigela) não foi perdida, mas ele a percebe como tendo sido perdida, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se (a tigela) não foi destruída, mas ele a percebe como tendo sido destruída, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se (a tigela) não foi queimada, mas ele a percebe como tendo sido queimada, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se (a tigela) não foi roubada, mas ele a percebe como tendo sido roubada, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.

Se ele usa uma tigela que deveria ter sido renunciada sem primeiro abrir mão desta, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se menos que dez dias se passaram, mas ele percebe que mais do que dez dias se passaram, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se menos que dez dias se passaram, mas ele não tem certeza, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se menos que dez dias se passaram, e ele percebe como tendo se passado menos que dez dias, não há ofensa.

Quando não é uma ofensa

Não há ofensa quando: (a tigela extra) é mantida por até dez dias, é transferida, dada, perdida, destruída, queimada, roubada ou é tomada tendo sido confiada a quem toma; o indivíduo se encontra louco; ele é o primeiro a cometer a ofensa.


Naquela época certos bhikkhus do Grupo dos Seis não devolveram tigelas renunciadas. O Abençoado foi informado do ocorrido … “Bhikkhus, uma tigela renunciada deve ser devolvida. Se um bhikkhu não a devolve, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão.”

A primeira regra — sobre tigelas extra— se encerra aqui.