COLEÇÃO DAS REGRAS MONÁSTICAS DO BUDISMO THERAVĀDA

O Código de Disciplina Monástica dos Bhikkhus

Regras Nissaggiya

25.Tomar ou obter de volta um manto cedido

História de Origem

Certa ocasião, o Abençoado estava em Sāvatthī no Bosque de Jeta, no Parque de Anāthapiṇḍika. Naquela ocasião Venerável Upananda, o Sákya, disse para o discípulo de seu irmão. “Venha, vamos viajar pelo interior.”

“Venerável, eu não posso ir. Meus mantos estão desgastados.”

“Eu lhe darei um manto.” E então ele lhe cedeu um manto.

Logo após aquilo aquele bhikkhu ouviu alguém dizer que o Abençoado estava para partir para uma viagem pelo interior. Ele pensou, “Eu não mais viajarei com o Venerável Upananda, mas sim com o Abençoado.” E então, quando Upananda o abordou, dizendo: “Vamos?”; ele respondeu: “Eu não viajarei com você, mas sim com o Abençoado”;

Upananda então disse: “Pois bem, mas o manto que eu lhe dei viajará comigo”; e tomado pela raiva e insatisfação ele pegou aquele manto de volta.

E aquele bhikkhu contou aos demais o que ocorreu. Os bhikkhus de poucos desejos… se queixaram e criticaram o Venerável Upananda: “Como pôde o Venerável Upananda ceder um manto e em seguida, tomado pela raiva e insatisfação, o pegar de volta?

Após criticar o venerável Upananda de várias maneiras, aqueles bhikkhus informaram o Abençoado o ocorrido ... “É verdade, Upananda, que você cedeu um manto e em seguida, tomado pela raiva e insatisfação, o pegou de volta?

“É verdade, mestre.”

O Buda então o repreendeu: “… “Homem tolo, como pôde você ceder um manto e em seguida, tomado pela raiva e insatisfação, o pegar de volta? Isto não fará surgir fé naqueles ainda sem fé … E então, bhikkhus, esta regra de treinamento deve ser assim recitada:

Regra final

“Se um bhikkhu cede ele mesmo um manto (ou tecido para manto) a um outro bhikkhu, mas em seguida, tomado pela raiva e insatisfação, o pega ou obtém de volta, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.”

Definições

“Um”: refere-se a qualquer indivíduo, de tal tipo, de tal ocupação, de tal status social, de tal nome, de tal família, de tal conduta, de tal comportamento, de tal associação, seja de muita ou pouca idade, ou não pertencendo a nenhum grupo específico. … “Bhikkhu”: … neste caso, um bhikkhu é alguém que tenha recebido a ordenação completa na Sangha de bhikkhus através de um procedimento formal, consistindo de três moções e três proclamações, que é irrefutável e completo. Isto se entende por bhikkhu.

“A um outro bhikkhu”: para um outro bhikkhu qualquer.

“Ele mesmo”: o próprio bhikkhu.

“Um manto”: um dos seis tipos de mantos—de linho, de algodão, de seda, de lã, de juta, de cânhamo—cuja dimensão não seja menor que a requerida para que seja compartilhado.

“Tomado pela raiva e insatisfação”: descontante, tomado pelo ódio, hostil.

“Pega de volta”: se ele pega de volta ele mesmo, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.”

“Obtém de volta”: Quando ele pede a outrem que obtenha o manto de volta, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. O manto deve ser renunciado mesmo que ele peça de volta apenas uma vez, e o outro bhikkhu obtenha o manto outras vezes.


E a posse deste deverá ser renunciada e transferida para a Sangha dos bhikkhus, um grupo de bhikkhus ou um determinado bhikkhu. “E, bhikkhus, isto deverá ser renunciado desta maneira:” “… “… (É expandido como na Regra Nissaggiya 1, com as devidas substituições) … ‘Veneráveis, este manto que eu obtive de volta após tê-lo cedido para um ou outro bhikkhu deve ser renunciado. Eu o cedo para a Sangha.’ ... A Sangha deve devolver ... você deve devolver ... “Este item é renunciado, e então retornado: ‘Eu devolvo isto para este venerável.’”

Permutações

Se o outro bhikkhu é alguém que tenha recebido ordenação completa, ele percebe como sendo este o caso e então, tomado pela raiva e insatisfação ele toma de volta ou obtém de volta o manto originalmente cedido, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se o outro bhikkhu é alguém que tenha recebido ordenação completa, ele não tem certeza e então, tomado pela raiva e insatisfação ele toma de volta ou obtém de volta o manto originalmente cedido, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia. Se o outro bhikkhu é alguém que tenha recebido ordenação completa, ele percebe como não sendo este o caso e então, tomado pela raiva e insatisfação ele toma de volta ou obtém de volta o manto originalmente cedido, ele comete uma ofensa nissaggiya pacittiya, que implica a confissão com renúncia.

Se, após ter cedido um outro acessório ele, tomado pela raiva e insatisfação, toma de volta ou obtém de volta aquilo, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se, após ter cedido para um bhikkhu que não tenha recebido ordenação completa um outro acessório ele - tomado pela raiva e insatisfação - toma de volta ou obtém de volta aquilo, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão.

Se o outro bhikkhu não é alguém que tenha recebido a ordenação completa, mas ele percebe este como alguém que tenha recebido a ordenação completa, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se o outro bhikkhu não é alguém que tenha recebido a ordenação completa, mas ele não tem certeza, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão. Se o outro bhikkhu não é alguém que tenha recebido a ordenação completa, e ele percebe este como alguém que não tenha recebido a ordenação completa, ele comete uma ofensa dukkata, de transgressão.

Quando não é uma ofensa

Não há ofensa quando: se o bhikkhu devolve o que ele toma ou obtém de volta; se o bhikkhu toma aquilo emprestado; o indivíduo se encontra louco; ele é o primeiro a cometer a ofensa.


A quinta regra — a regra de treinamento sobre tomar ou obter de volta um manto —se encerra aqui.