Saṃyutta Nikāya 15.9

Danda Sutta

A Vareta

Em Savatthi. “Bhikkhus, esse samsara não possui um início que possa ser descoberto. Um ponto inicial não é discernido para os seres que seguem vagando e perambulando, obstruídos pela ignorância e aprisionados pelo desejo. Tal qual uma vareta que ao ser jogada no ar algumas vezes cai sobre a sua base, algumas vezes cai de lado, algumas vezes cai sobre a sua ponta; do mesmo modo, seres obstruídos pela ignorância e aprisionados pelo desejo seguem transmigrando e perambulando, algumas vezes eles vão deste mundo para um outro mundo, algumas vezes eles vêm de outro mundo para este.

“Por que ocorre isso? Esse samsara não possui um início que possa ser descoberto. Um ponto inicial não é discernido para os seres que seguem vagando e perambulando, obstruídos pela ignorância e aprisionados pelo desejo. Há muito tempo vocês experimentaram o sofrimento, experimentaram a dor, experimentaram a perda, inchando os cemitérios—o suficiente para se desencantarem com todas as coisas condicionadas, o suficiente para se tornarem desapegados, o suficiente para se libertarem.”