Saṃyutta Nikāya 2.17

Subrahma Sutta

Subrahma

Ficando em pé a um lado, o jovem deva Subrahma se dirigiu ao Abençoado em versos:

“Sempre medrosa é essa mente,
a mente está sempre agitada
devido aos problemas que não surgiram
e devido aos que já surgiram.
Se existe libertação do medo,
ao ser perguntado, por favor revele isso para mim.”

“Não separado da iluminação e austeridade,
não separado da contenção das faculdades sensoriais,
não separado da renúncia a tudo,
vejo toda segurança para os seres vivos.”

“Isso foi o que o Abençoado disse. Dito isso, o jovem deva homenageou o Abençoado e mantendo-o à sua direita, em seguida desapareceu.