Saṃyutta Nikāya 25.3

Viññana Sutta

Consciência

Em Savatthi. “Bhikkhus, a consciência no olho é impermanente, se transforma, se torna diferente. A consciência no ouvido … A consciência no nariz … A consciência na língua … A consciência no corpo … A consciência na mente é impermanente, se transforma, se torna diferente. Aquele que deposita fé nestes ensinamentos e está decidido por eles é assim chamado um discípulo pela fé, aquele que entrou no caminho da retidão, entrou no plano das pessoas superiores, transcendeu o plano das pessoas mundanas. Ele é incapaz de cometer qualquer ação por força da qual ele poderia renascer no inferno, no reino animal ou no domínio dos fantasmas; ele será incapaz de falecer sem ter realizado o fruto de entrar na correnteza.

“Aquele para quem estes ensinamentos foram aceitos depois de ponderados o suficiente através da sabedoria, é chamado um discípulo do Dhamma, aquele que entrou no caminho da retidão, entrou no plano das pessoas superiores, transcendeu o plano das pessoas mundanas. Ele é incapaz de cometer qualquer ação por força da qual ele poderia renascer no inferno, no reino animal ou no domínio dos fantasmas; ele será incapaz de falecer sem ter realizado o fruto de entrar na correnteza.

“Aquele que sabe e vê estes ensinamentos dessa maneira é chamado um que entrou na correnteza, não mais destinado aos mundos inferiores, com o destino fixo, tendo a iluminação como destino.”