Saṃyutta Nikāya 46.2

Kaya Sutta

O Corpo

I. O alimento para os obstáculos

Em Savatthi. “Bhikkhus, tal como este corpo, sustentado pelo alimento, subsiste na dependência do alimento e não subsiste sem alimento, assim também os cinco obstáculos, sustentados pelo alimento, subsistem na dependência do alimento e não subsistem sem alimento.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento do desejo sensual que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento do desejo sensual, uma vez que este tenha surgido? Há, bhikkhus, o sinal da beleza: dar com freqüência atenção sem sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento do desejo sensual que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento do desejo sensual, uma vez que este tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da má vontade que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da má vontade, uma vez que esta tenha surgido? Há, bhikkhus, o sinal do repulsivo: dar com freqüência atenção sem sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da má vontade que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da má vontade, uma vez que esta tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da preguiça e torpor que ainda não surgiram ou para o crescimento e incremento da preguiça e torpor uma vez que estes tenham surgido? Há, bhikkhus, a letargia descontente, o espreguiçamento preguiçoso, a sonolência após a refeição e a preguiça mental: dar com freqüência atenção sem sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da preguiça e torpor que ainda não surgiram ou para o crescimento e incremento da preguiça e torpor, uma vez que estes tenham surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da inquietação e ansiedade que ainda não surgiram ou para o crescimento e incremento da inquietação e ansiedade uma vez que estas tenham surgido? Há, bhikkhus, a mente conturbada: dar com freqüência atenção sem sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da inquietação e ansiedade que ainda não surgiram ou para o crescimento e incremento da inquietação e ansiedade, uma vez que estas tenham surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da dúvida que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da dúvida uma vez que esta tenha surgido? Há, bhikkhus, coisas que são a base da dúvida: dar com freqüência atenção sem sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da dúvida que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da dúvida, uma vez que esta tenha surgido.

“Tal como este corpo, bhikkhus, sustentado pelo alimento, subsiste na dependência do alimento e não subsiste sem alimento, assim também os cinco obstáculos, sustentados pelo alimento, subsistem na dependência do alimento e não subsistem sem alimento..

II. O alimento para os fatores da iluminação

“Bhikkhus, tal como este corpo, sustentado pelo alimento, subsiste na dependência do alimento e não subsiste sem alimento, assim também os fatores da iluminação, sustentados pelo alimento, subsistem na dependência do alimento e não subsistem sem alimento.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da atenção plena como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da atenção plena como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, coisas que são a base da atenção plena como fator da iluminação: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da atenção plena como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da atenção plena como um fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da investigação dos fenômenos como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da investigação dos fenômenos como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, qualidades mentais que são hábeis e inábeis, benéficas e prejudiciais, superiores e inferiores, claras e escuras com as suas contrapartidas: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da investigação dos fenômenos como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da investigação dos fenômenos como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da energia como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da energia como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, o elemento do estímulo, o elemento do empenho, o elemento do esforço: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da energia como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da energia como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento do êxtase como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento do êxtase como fator da iluminação, uma vez que este tenha surgido? Há, bhikkhus, coisas que são a base do êxtase como fator da iluminação: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento do êxtase como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento do êxtase como fator da iluminação, uma vez que ele tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da tranqüilidade como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da tranqüilidade como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, a calma corporal e a tranqüilidade mental: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da tranqüilidade como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da tranqüilidade como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da concentração como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da concentração como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, o sinal da tranqüilidade, o sinal da não dispersão: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da concentração como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da concentração como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“E qual, bhikkhus, é o alimento para o surgimento da equanimidade como fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da equanimidade como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido? Há, bhikkhus, coisas que são a base da equanimidade como fator da iluminação: dar com freqüência atenção com sabedoria para isso, esse é o alimento para o surgimento da equanimidade como um fator da iluminação que ainda não surgiu ou para o crescimento e incremento da equanimidade como fator da iluminação, uma vez que ela tenha surgido.

“Tal como este corpo, bhikkhus, sustentado pelo alimento, subsiste na dependência do alimento e não subsiste sem alimento, assim também os fatores da iluminação, sustentados pelo alimento, subsistem na dependência do alimento e não subsistem sem alimento.”