Saṃyutta Nikāya 46.3

Sila Sutta

Virtude

“Bhikkhus, aqueles bhikkhus consumados na virtude, consumados na concentração, consumados na sabedoria, consumados na libertação, consumados no conhecimento e visão da libertação: até mesmo ver esses bhikkhus é benéfico, eu digo; até mesmo ouví-los … até mesmo aproximar-se deles … até mesmo assistí-los … até mesmo recordar-se deles … até mesmo seguir a vida santa sob eles é benéfico, eu digo. Por que razão? Porque quando alguém ouviu o Dhamma desses bhikkhus, ele permanece afastado através de dois tipos de afastamento: afastamento do corpo e afastamento da mente.

“Permanecendo assim afastado, ele se recorda do Dhamma e reflete sobre isso. Sempre, bhikkhus, que um bhikkhu, permanecendo assim afastado, se recordar do Dhamma e refletir sobre isso, nessa ocasião o fator da iluminação da atenção plena será estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião o bhikkhu desenvolverá o fator da iluminação da atenção plena; nessa ocasião o fator da iluminação da atenção plena alcançará a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Permanecendo assim com atenção plena, ele investiga aquele Dhamma com sabedoria, ele o examina, faz uma análise. Sempre, bhikkhus, que um bhikkhu permanece assim com atenção plena, nessa ocasião o fator da iluminação da investigação dos fenômenos é estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião o bhikkhu desenvolve o fator da iluminação da investigação dos fenômenos; nessa ocasião o fator da iluminação da investigação dos fenômenos alcança a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Enquanto ele investiga aquele Dhamma com sabedoria, ele o examina, faz uma análise, a energia dele é estimulada sem enfraquecimento. Sempre, bhikkhus, que a energia de um bhikkhu é estimulada sem enfraquecimento, enquanto ele investiga aquele Dhamma com sabedoria, nessa ocasião o fator da iluminação da energia é estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião o bhikkhu desenvolve o fator da iluminação da energia; nessa ocasião o fator da iluminação da energia alcança a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Quando a energia dele é estimulada, surge nele o êxtase. Sempre, bhikkhus, que o êxtase surge num bhikkhu cuja energia é estimulada, nessa ocasião o fator da iluminação do êxtase é estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião, o bhikkhu desenvolve o fator da iluminação do êxtase; nessa ocasião o fator da iluminação do êxtase alcança a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Naquele cuja mente está elevada pelo êxtase, o corpo fica calmo e a mente fica tranqüila. Sempre, bhikkhus, que o corpo fica calmo e a mente fica tranqüila num bhikkhu cuja mente está elevada pelo êxtase, nessa ocasião, o fator da iluminação da tranqüilidade é estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião, o bhikkhu desenvolve o fator da iluminação da tranqüilidade; nessa ocasião, o fator da iluminação da tranqüilidade alcança a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Naquele em que o corpo está calmo e que sente felicidade, a mente se torna concentrada. Sempre, bhikkhus, que a mente fica concentrada num bhikkhu cujo corpo está calmo e que sente felicidade, nessa ocasião, o fator da iluminação da concentração é estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião, o bhikkhu desenvolve o fator da iluminação da concentração; nessa ocasião, o fator da iluminação da concentração alcança a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Ele olha de perto com equanimidade para a mente assim concentrada. Sempre, bhikkhus, que um bhikkhu olhar de perto para a mente assim concentrada, nessa ocasião, o fator da iluminação da equanimidade será estimulado pelo bhikkhu; nessa ocasião, o bhikkhu desenvolverá o fator da iluminação da equanimidade; nessa ocasião, o fator da iluminação da equanimidade alcançará a sua plenitude através do seu desenvolvimento naquele bhikkhu.

“Bhikkhus, quando esses sete fatores da iluminação tiverem sido desenvolvidos e cultivados desse modo, sete frutos e benefícios podem ser esperados. Quais são os sete frutos e benefícios?

“Ele realiza o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida, então ele realizará o conhecimento supremo ao morrer.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida ou ao morrer, então, com a completa destruição dos cinco primeiros grilhões, ele realiza Nibbana no intervalo.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida … ou Nibbana não for realizado no intervalo, então, com a completa destruição dos cinco primeiros grilhões, Nibbana é realizado ao pousar.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida … ou Nibbana não for realizado ao pousar, então, com a completa destruição dos cinco primeiros grilhões, Nibbana é realizado sem esforço.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida … ou Nibbana não for realizado sem esforço, então, com a completa destruição dos cinco primeiros grilhões, Nibbana é realizado com esforço.

“Se ele não realizar o conhecimento supremo cedo nesta mesma vida … ou Nibbana não for realizado com esforço, então, com a completa destruição dos cinco primeiros grilhões, ele estará destinado a um plano superior, o plano Akanittha.

“Quando, bhikkhus, os sete fatores da iluminação tiverem sido desenvolvidos e cultivados desse modo, esses sete frutos e benefícios podem ser esperados.”