Saṃyutta Nikāya 55.32

Puññabhisanda (Dutiya) Sutta

Fontes de Mérito

Em Savatthi. “Bhikkhus, há essas quatro fontes de méritos, fontes daquilo que é benéfico, alimento da felicidade. Quais quatro?

“Aqui, bhikkhus, o nobre discípulo possui perfeita claridade, serenidade e confiança no Buda assim: ‘O Abençoado é um arahant, perfeitamente iluminado, consumado no verdadeiro conhecimento e conduta, bem-aventurado, conhecedor dos mundos, um líder insuperável de pessoas preparadas para serem treinadas, mestre de devas e humanos, desperto, sublime.’ Essa é a primeira fonte de mérito, fonte daquilo que é benéfico, alimento da felicidade.

“Outra vez, bhikkhus, o nobre discípulo possui perfeita claridade, serenidade e confiança no Dhamma assim: ‘O Dhamma é bem proclamado pelo Abençoado, visível no aqui e agora, com efeito imediato, que convida ao exame, que conduz para adiante, para ser experimentado pelos sábios por eles mesmos.’ Essa é a segunda fonte de mérito, fonte daquilo que é benéfico, alimento da felicidade.

“Outra vez, bhikkhus, o nobre discípulo possui perfeita claridade, serenidade e confiança na Sangha assim: ‘Sangha dos discípulos do Abençoado pratica o bom caminho, pratica o caminho reto, pratica o caminho verdadeiro, pratica o caminho adequado, isto é, os quatro pares de pessoas, os oito tipos de indivíduos; esta Sangha dos discípulos do Abençoado é merecedora de dádivas, merecedora de hospitalidade, merecedora de oferendas, merecedora de saudações com reverência, um campo inigualável de mérito para o mundo.’ Essa é a terceira fonte de mérito, fonte daquilo que é benéfico, alimento da felicidade.

“Outra vez, bhikkhus, o nobre discípulo permanece em casa com uma mente desprovida da mácula da avareza, espontaneamente generoso, mão aberta, que se delicia com a renúncia, devotado à caridade, deliciando-se em dar e compartir. Essa é a quarta fonte de mérito, fonte daquilo que é benéfico, alimento da felicidade.

“Essas são as quatro fontes de méritos, fontes daquilo que é benéfico, alimento da felicidade.”