Saṃyutta Nikāya 8.4

Ānanda Sutta

Ānanda

Em certa ocasião o venerável Ānanda estava em Savatthi no Bosque de Jeta, no Parque de Anathapindika. Então, ao amanhecer, o venerável Ānanda se vestiu e tomando a tigela e o manto externo, foi para Savatthi para esmolar alimentos tendo o venerável Vangisa como companhia. Agora, naquela ocasião, a insatisfação surgiu na mente do venerável Vangisa; a cobiça infestou a sua mente. Então, o venerável Vangisa se dirigiu ao venerável Ānanda em versos:

“Eu estou ardendo de paixão sensual,
minha mente está sendo consumida pelo fogo.
Por favor diga como extinguí-lo,
por compaixão, Oh Gotama.”

O Venerável Ānanda:

“É através de uma inversão da percepção
que a sua mente está sendo consumida pelo fogo.
afaste-se do sinal da beleza
que provoca a paixão sensual.

“Veja as formações como estranhas,
como sofrimento e não como o eu.
Extinga o grande fogo da paixão;
não se deixe queimar repetidamente.

“Desenvolva a mente no repulsivo,
focada num ponto, bem concentrada;
aplique a atenção plena no corpo,
absorva-se na repulsa.

“Desenvolva a meditação sem sinais,
e descarte a tendência para a presunção,
então, rompendo a presunção,
você será um daqueles que permanece em paz.”

.