Sutta Nipāta 5.13

Udaya-manava-puccha

As Perguntas de Udaya

Venerável Udaya:

Faço uma pergunta para aquele sentado em jhana,
que está livre da paixão, fez o que deve ser feito, livre das impurezas,
tendo ido para a outra margem de todos os fenômenos.
Proclame a libertação através do entendimento, a destruição da ignorância.

O Buda:

O abandono de ambos: desejos sensuais e angústia, a dissipação da preguiça, o distanciamento das perplexidades.

Com a equanimidade e a atenção plena purificadas, investigando os fenômenos mentais, isso eu digo, é a libertação através do entendimento, a destruição da ignorância.

Udaya:

Qual é o grilhão do mundo? Com o que o mundo é examinado?
Através do abandono do que, é dito que há nibbana?

O Buda:

O grilhão do mundo é o deleite. O mundo é examinado com o pensamento aplicado.
Através do abandono do desejo, é dito que há nibbana.

Udaya:

Como o fluxo da consciência é detido por aquele que permanece com atenção plena?
Nós perguntamos ao Abençoado. Queremos ouvir as suas palavras.

O Buda:

Aquele que não se deleita com a sensação, interna ou externa, aquele que assim permaneça com atenção plena, detem o fluxo da consciência.