Udāna 3.4

Sariputta

Sariputta

Assim ouvi. Certa ocasião, o Abençoado estava em Savatthi, no Bosque de Jeta, no Parque de Anathapindika. Agora, naquela ocasião, o venerável Sariputta estava sentado com as pernas cruzadas, não muito distante do Abençoado, com o corpo ereto e estabelecendo a atenção plena à sua frente.

O Abençoado viu o venerável Sariputta sentado com as pernas cruzadas, não muito distante, com o corpo ereto e estabelecendo a atenção plena à sua frente.

Então, dando-se conta do significado disso, o Abençoado nessa ocasião exclamou:

Tal como uma montanha feita de sólida rocha
permanece firme e inabalável,
assim também, quando a delusão é destruída,
um bhikkhu, tal como uma montanha, não é perturbado.